Conectar-se com

Curiosidades

Hamilton | Musical americano vira fenômeno mundial

Publicado

Em

Um musical que pode nos dizer muito sobre a atualidade.

 

Você pode não ser totalmente aficionado com musicais, mas, em algum momento nas redes sociais, já ouviu alguém falar sobre Hamilton. Esse musical, cujo livro, música e letras foram escritas pelo ator e cantor Lin-Manuel Miranda, desde sua estreia em 2015, vem batendo recordes de bilheterias em Nova York e Chicago e, em breve, na cidade de São Francisco e na cidade de Londres. Agora vem a pergunta: Sobre o que esse musical fala e por que esse musical virou um fenômeno?

 

Foto do musical “Hamilton”.

 

O musical Hamilton foi inspirado no livro biográfico “Alexander Hamilton”, escrito por Ron Chernow, e conta a história de Alexander Hamilton, um imigrante órfão caribenho que, após um furacão na sua terra natal, veio morar em Nova York em busca de conhecimento e nova vida e acaba se tornando um dos pais fundadores dos Estados Unidos, participando efetivamente na independência americana e por fim se tornando o primeiro tesoureiro dos Estados Unidos e seu rosto é famoso na nota de 10 dólares. O musical é dividido em dois atos e possuem no total de 46 músicas todas escritas pelo Lin-Manuel Miranda que, também, atuou no papel principal de Hamilton no musical da Broadway até julho de 2016.

 

Elenco de Hamilton na primeira formação .

 

Mas isso, não é o suficiente para convencer sobre o sucesso que essa peça teve. A maioria das músicas da apresentação, tem como base o hip-hop, estilo bastante popular nos Estados Unidos, o que chamou atenção dos críticos em contar uma história bibliográfica clássica americana através de um ritmo moderno e “fora dos padrões” dos musicais da Broadway. O elenco também tem bastante destaque. Filho de porto-riquenhos, Lin-Manuel Miranda resolveu chamar um elenco que realmente representasse os Estados Unidos nos dias de hoje: diverso. Com isso, o elenco é composto com pessoas de várias etnias e raças, tanto que, muitos dos personagens principais são representados por atores negros e atores de descendência latina e asiática. Mas não é a primeira vez que Lin-Manuel traz essa fórmula nos palcos. Em 2008, ele escreveu In The Heights (Nas Alturas, no Brasil) o qual conta a história de um rapaz chamado Usnavi. Nessa peça, se percebe a importância dos latinos nos Estados Unidos e o elenco é bastante composto por pessoas de descendência latina, o que acalentou o sucesso da peça naquela época.

 

In the Heights, 2008

 

Com essa irreverência, assim como In The Heights em 2008, Hamilton ganhou o prêmio Tony de Melhor Musical do ano em 2016. O musical levou no total de 11 Tonys e bateu o recorde de indicações em toda a história da premiação do Tony Awards (16 indicações). Também levou para casa o Grammy em Melhor Álbum de Teatro Musical e  Prêmio Pulitzer de Drama em 2016. Quando iremos ver Hamilton no Brasil? Aí é uma incógnita. Ainda não se tem previsão, mas como In The Heights já teve uma versão brasileira em 2014 em São Paulo, não é difícil ter esperanças em ter Hamilton nos palcos brasileiros. A musical já chegou às terras inglesas e, com o sucesso, não será difícil em despertar interesses no Brasil. Por enquanto, pode-se ler sobre o musical nas páginas oficiais e toda a trilha está disponível no Spotify para escutar, e você pode adquirir a trilha no Itunes e na Amazon.

Agora se despertou o interesse também sobre o homem atrás desse musical, Lin-Manuel Miranda participou da trilha sonora do novo filme da Disney Moana e está concorrendo ao Oscar de Melhor Canção com “How Far I’ll Go” esse ano. Ele também lançou o Hamilton Mixtape, que conta com vários artistas (entre eles: Sia, John Legend, Alicia Keys entre outros) cantando demos do musical Hamilton e novas músicas escritas por ele. Já como ator, ele está no elenco principal de Mary Poppins Returns, ao lado de Emily Blunt, Meryl Streep e Colin Firth. Lembrando também que, tanto a trilha sonora de Moana como também Hamilton Mixtape estão disponíveis no Itunes, Amazon e Spotify.

 

Moana, Disney 2016

 

Hamilton pode não ser o único musical revolucionário do mundo. Mas com certeza entrou na história por sua genialidade e modernidade e com certeza vai servir de inspiração para jovens que buscam o sucesso e o amor pelos musicais da Broadway.

 

Professora, cantora de chuveiro, viciada em séries e musicais e costumo dançar nas horas vagas, nem que seja no meu quarto enquanto meu gato dorme na minha cama. Maranhense mas com o coração não só pelo nordeste, mas também pelo mundo inteiro. Como diz Aaron Burr no musical Hamilton, existe um motivo para que eu ainda esteja viva enquanto muitos entes meus se partem, então fico alegre em esperar minha chance de melhorar o mundo que me cerca.

Mais lidas