Polêmica | Netflix causa revolta por conta de nova série

Usuários ameaçam até mesmo cancelar suas assinaturas.

 

Há alguns dias a Netflix divulgou sua mais nova série original, a Dear White People. A série foi inspirada no filme de mesmo nome e faz uma abordagem a questões sociais de um grupo de jovens negros que estudam em uma universidade repleta de brancos ricos.

 

 

A polêmica surgiu após a veiculação do trailer de anúncio, onde uma mulher negra fala sobre as possíveis fantasias de Halloween que as pessoas brancas estão corretas em usar e faz uma crítica à blackface, prática comum entre jovens brancos durante o feriado.

A blackface consiste no ato de pintar o rosto de preto, fazendo uma caracterização dos traços negros (usando também perucas de cabelos crespos e colocando os lábios para fora). Esse tipo de fantasia é considerada totalmente racista, entretanto, se popularizou nos EUA há bastante tempo.

 

 

O que a Netflix não esperava era a reação contrária por parte dos usuários norte-americanos de pele branca. Muitos estão acusando a empresa de racismo com os brancos e ameaçam cancelar suas assinaturas do serviço por conta da série.

Já se encontram nas redes sociais diversas manifestações expressando desaprovação à série, alguns manifestantes até pedem que outras pessoas cancelem suas assinaturas. O argumento dos revoltados é que a série possui conteúdo anti-branco.

Além das reclamações e dos cancelamentos, ainda podemos ver a reação das pessoas que assistiram ao trailer através do canal no YouTube. Até o momento foram mais de 3 milhões de visualizações e o que impressiona é a quantidade de “não gostei”, que já passam de 300 mil. 

 

 

No nosso ponto de vista, não encontramos nenhum tipo de prática anti-branco no vídeo em questão, mas sim uma crítica ao próprio racismo, o que já sabemos existir entre uma grande parte dos norte-americanos.

Confira o trailer de Dear White People e tire suas próprias conclusões:

 

 

A série tem previsão de estreia para o dia 28 de abril e terá 10 episódios. Até o momento a Netflix não se pronunciou sobre o caso  e nem removeu o vídeo do seu canal.

 

Publicitário, cosplayer, gamer, otaku, viciado em séries e colecionador de action figures. Um mix de tudo o que um verdadeiro geek pode ser. Vivendo a vida intensamente a cada segundo, mantendo-se sempre antenado nas novidades desse incrível e expansivo universo. Um pernambucano de nascimento e paulista de coração.
    Sem Comentários

    POPULARES

    No canal